Óleos Essenciais

Os óleos essenciais

O uso de óleos essenciais não é uma terapia nova. Desde tempos imemoriais que os óleos essenciais têm vindo a ser usados pelos seus efeitos benéficos no corpo e na mente. Os óleos essenciais possuem várias qualidades poderosas: acalmam, estimulam, relaxam, … e contribuem também para eliminar o stress e as tensões da vida moderna. A inalação, via oral ou aplicação via cutânea destes óleos essenciais 100% naturais, permite contribuir para o equilíbrio harmonioso entre o corpo e a mente.

Os óleos essenciais são substâncias puras e aromáticas extraídas das plantas e que estas produzem para a sua sobrevivência. São considerados a “alma” da planta. Cada planta produz um óleo essencial diferente, não havendo dois idênticos. São substâncias químicas naturalmente naturais. possuem pouca ou nenhuma substância oleosa e carregam o aroma e as propriedades da planta específica.

Os óleos essenciais diferem não só, consoante a espécie da planta mas também conforme o país de origem, da altitude a que a planta cresce, do solo e até a hora do dia em que é colhido.

Para serem produzidos e comercializados correctamente devem vir de fontes renováveis, desde a sua plantação, a colheita e a extracção. Incluem ainda, factores climáticos e externos como a escassez de matérias primas, tipo de armazenamento, de embalagem, de transporte para preservação da sua qualidade e manter as propriedades terapêuticas da planta de origem.

essential_oils_aromatherapy_200
Os óleos essenciais são substâncias extremamente delicadas e têm origem em diferentes partes da planta. Algumas plantas possuem mesmo óleos essenciais em diversas partes. A laranjeira, por exemplo, possui óleos essenciais na sua fruta (laranja), nas suas flores (neroli) e nas folhas (petitgrain), outras na própria madeira, outras nas raízes.

A quantidade de óleo essencial que se obtém de cada planta, depende muito da quantidade de óleo essência que essa planta produz, por exemplo: para se obter 1 litro de óleo essencial de “Eucalipto Globulus” são necessários perto de 60 kg da planta; o mesmo 1 litro de rendimento na extracção do maravilhoso óleo essencial de Rosa, são colhidas em media 4 toneladas de pétalas de rosas.

 

Essência NÃO É ÓLEO ESSENCIAL !

Apesar de dispersarem aromas, um nada tem haver com o outro. A Essência é uma substância industrial, quimicamente elaborada com a finalidade de obter um aroma idêntico ao natural  com baixo custo. Portanto, a essência, NÃO POSSUI as propriedades terapêuticas e muito menos a riqueza de substâncias activas que um óleo essencial tem por natureza.

As essências são formulas elaboradas pela indústria, geralmente de custos bastante reduzidos, até chegarem ao cheiro que desejam,  padronizar, e vender aromas e fragrâncias artificiais. Se você pensar num cheiro… a indústria química fabrica-la-a, as essências artificiais: cheiro de rosa, alfazema, verbena,  cheiro de carne assada, de carro novo, de pão quentinho, bacon, salsicha, presunto, queijo, cheiro de plantas, flores e frutos, tudo isso os laboratórios produzirão a partir do petróleo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s